Os CFDs são instrumentos complexos e apresentam um alto risco de perda rápida de dinheiro devido à alavancagem. 81.7% das contas de investidores de varejo perdem dinheiro ao negociar CFDs com esse provedor. Você deve considerar se entende como os CFDs funcionam e que pode correr o alto risco de perder seu dinheiro.
EURUSDForex

Cinco coisas para saber sobre Trading do EUR/USD

Katya Stead
Financial Writer
18 de ago. de 2023
Entre os mercados de forex mais populares está o par EUR/USD, que conecta duas das maiores economias do mundo. Neste artigo, vamos dar uma olhada mais de perto na popularidade do EUR/USD e explorar alguns dos principais fatores que movem a cotação desse par.

1. Qual é o apelo do EUR/USD?

O par de moedas euro e dólar dos EUA (EUR/USD) é, a qualquer momento, frequentemente o mercado mais negociado em todo o mundo. Representando duas das nossas economias mais poderosas e influentes, oferece aos traders uma enorme variedade de oportunidades de trading. Trilhões são negociados nele todos os dias.

Parcialmente por causa disso, o EUR/USD é um dos pares de moedas mais líquidos e frequentemente volátil. Os altos volumes de trading do par significam maior liquidez (e às vezes maior volatilidade) do que quase qualquer outro mercado financeiro pode oferecer. Essa abundância de oportunidades torna-o uma escolha popular para os traders de forex.

Vários fatores impulsionam os movimentos da taxa de câmbio EUR/USD, e compreendê-los pode fornecer informações valiosas sobre possíveis direções para o par nas futuras sessões de trading. Operar o EUR/USD pode potencialmente trazer grandes recompensas - mas também pode levar a perdas consideráveis - por isso, conhecer bem esse par é essencial.

Abra uma conta real para negociar EUR/USD agora (Open a live account to trade the EUR/USD now)

2. Análise histórica do EUR/USD

O EUR/USD tem sido um importante par de moedas desde a introdução da moeda comum em 1999. Desde então, diversos eventos tiveram um impacto significativo em sua taxa de câmbio:

  • A introdução do euro como moeda unificada em 2002 foi um evento importante que, juntamente com outros fatores de mercado, aumentou o valor do euro.
  • Em 2008, o EUR/USD sofreu uma grande queda em seu valor devido à crise financeira global.
  • Em 6 de maio de 2010, ocorreu um "Flash Crash" nas ações, quando uma combinação de falha nos sistemas de trading algorítmico e traders de alta frequência fez com que o EUR/USD despencasse quase 1000 pips em minutos.
  • De 2014 a 2016, o par se manteve relativamente estável, oscilando entre 1.05 e 1.15.
  • Em 2016, o par sofreu uma queda significativa após a agitação do referendo do Brexit e a eleição de Trump como presidente dos EUA, caindo para abaixo de 1.06 no final de novembro.
  • Em 2017, o par subiu para uma alta de 1.20, impulsionado em grande parte por um dólar americano mais fraco.
  • De 2018 a 2020, o par foi novamente relativamente estável, oscilando entre 1.10 e 1.15.
  • Em 2020, o par viu uma significativa volatilidade devido à pandemia de COVID-19, caindo para abaixo da paridade em torno de 0.95.

3. Fatores fundamentais que impulsionam o par EUR/USD

O par de moedas EUR/USD é o mercado de câmbio mais ativamente negociado no mundo e frequentemente é usado como um indicador de sentimento de risco global. Como tal, é importante saber como identificar os principais fatores que influenciam a taxa de câmbio EUR/USD. A análise fundamental - ou seja, o estudo de indicadores econômicos para identificar oportunidades potenciais de trading - pode fornecer informações valiosas sobre o que moverá esse par de moedas no curto e longo prazo.

Existem vários eventos macroeconômicos que podem influenciar a taxa de câmbio EUR/USD, incluindo mudanças nas taxas de juros, crescimento econômico, dados de emprego, inflação, balança de pagamentos e risco político.

Fatores políticos e econômicos: A política, como as relações comerciais entre os países da União Europeia e os Estados Unidos, também tem um grande impacto nos movimentos da taxa de câmbio EUR/USD. O euro é particularmente sensível a notícias sobre a política doméstica da União Europeia, as consequências do Brexit no Reino Unido e o desempenho econômico de várias nações da UE. Da mesma forma, eventos noticiosos dos EUA, como números de emprego e estatísticas de crescimento do PIB, juntamente com desenvolvimentos políticos, como eleições e guerras comerciais, podem afetar o valor do dólar em relação a outras moedas, como o euro.

Diferenciais de taxas de juros: Os diferenciais de taxas de juros dos bancos centrais e quaisquer mudanças na política monetária desempenham um papel importante na condução das mudanças na taxa de câmbio EUR/USD. Isso ocorre quando o Banco Central Europeu (BCE) e o Federal Reserve dos EUA (o Fed) definem suas respectivas taxas de referência, o que pode ter um impacto significativo nos valores das moedas.

Grande novidade: A aproximação de eventos econômicos importantes, como a folha de pagamento não agrícola dos Estados Unidos ou as últimas reuniões do BCE ou do Fed, pode causar um aumento do interesse no par EUR/USD e, consequentemente, mais liquidez e volatilidade. Ainda mais influentes podem ser notícias extremas de fontes repentinas e inesperadas - por exemplo, um ataque terrorista ou um desastre natural nos Estados Unidos ou Europa. Portanto, é vital para os entusiastas da análise fundamental manterem calendários econômicos atualizados com todos os maiores anúncios, como reuniões do Fed e BCE e folhas de pagamento não agrícolas.

Fatos e números: Anúncios macroeconômicos de dados importantes, como as cifras do PIB, os últimos dados de desemprego, as leituras do PMI ou os anúncios de política monetária, também podem levar a movimentos substanciais no mercado. Enquanto isso, as notícias relacionadas a acordos comerciais e outras questões geopolíticas também devem ser monitoradas de perto para possíveis impactos nos preços.

4. Análise técnica e o EUR/USD

A análise técnica é uma ferramenta importante para o trading do EUR/USD. Envolve o estudo dos movimentos de preços passados para identificar tendências potenciais e prever a direção futura do mercado.

Gráfico de preços: Uma das ferramentas de análise técnica mais comumente utilizadas é o gráfico de preços. Os gráficos de preços exibem os preços históricos ao longo de um período de tempo especificado e permitem que os negociantes identifiquem tendências ou padrões que possam indicar oportunidades potenciais para o comércio. Padrões como cabeça e ombros, duplos topos e fundos são todos úteis para ajudar os negociantes a identificar oportunidades no par.

Osciladores: Um dos indicadores técnicos mais comumente usados, os osciladores são plotados em relação aos movimentos de preços para acompanhar as mudanças no momentum e gerar sinais de compra ou venda. Osciladores como o Índice de Força Relativa (RSI), Convergência e Divergência de Médias Móveis (MAC), Índice de Canal de Mercadorias (CCI) e Estocástico podem ser usados para identificar níveis de sobrecompra e sobrevenda no mercado.

Linhas de tendência: São linhas que conectam dois ou mais pontos baixos ou altos em um par de moedas, para identificar a tendência geral. Podem ser usadas para identificar tendências emergentes no par de moedas EUR/USD. Uma linha de tendência ascendente indicaria uma tendência de alta, enquanto uma linha de tendência descendente representa uma tendência de baixa. Uma quebra acima ou abaixo da linha de tendência pode sinalizar uma possível mudança na direção da tendência e deve ser monitorada de perto.

Faixa diária média: Também é importante estar ciente do nível de volatilidade no par EUR/USD. Altos níveis de volatilidade significam movimentos rápidos nos preços, o que pode apresentar oportunidades tanto para lucrar quanto para perder. É útil considerar a faixa diária média (ADR) do par em seu gráfico para tentar avaliar seu nível de volatilidade e usar ordens de stop-loss e take-profit ao entrar em negociações.

5. Gestão de riscos e estratégias de trading

A gestão de riscos é essencial para qualquer trader de sucesso ao operar o par de moedas EUR/USD. Isso envolve controlar sua exposição ao risco e fazer tudo ao seu alcance para limitar suas possíveis perdas e também proteger seus possíveis lucros.

Você pode estabelecer níveis de stop-loss ao abrir uma posição em EUR/USD para limitar perdas caso a operação se mova contra você.

Enquanto isso, os níveis de take-profit também podem ser usados para garantir lucros assim que você estiver "no dinheiro".

Além disso, certifique-se de praticar uma gestão adequada do dinheiro, o que significa não arriscar mais do que uma quantidade predeterminada de capital em cada operação.

Também é importante considerar desenvolver um plano de trading adequado para o par EUR/USD - isso poderia envolver o uso de ferramentas de análise técnica, como as mencionadas acima - e então aderir a ele. Fazê-lo com disciplina e controle emocional ajudará a garantir consistência em sua estratégia de trading e potencialmente obter melhores resultados para você.

6. Considerações finais

O par EUR/USD é um dos, senão o par de moedas principais mais populares negociados nos mercados de câmbio. Ele oferece aos traders uma série de oportunidades devido à sua liquidez e volatilidade, e entender os principais fatores que o movem pode ajudá-lo a tomar decisões informadas quando se trata de negociações.

A análise histórica mostra que eventos importantes, como a introdução do euro e grandes quedas no par EUR/USD, abalaram o mundo inteiro. Da mesma forma, a análise fundamental mostra como as decisões de taxa tomadas pelos bancos centrais, os desenvolvimentos geopolíticos e as perspectivas econômicas tiveram um impacto significativo na taxa de câmbio deste par de moedas principal. Por fim, a análise técnica dos padrões de gráfico do par também é um componente chave para entender os fatores que influenciam os níveis de suporte e resistência, bem como outras indicações de tendências do par.

The material provided here has not been prepared in accordance with legal requirements designed to promote the independence of investment research and as such is considered to be a marketing communication. Whilst it is not subject to any prohibition on dealing ahead of the dissemination of investment research we will not seek to take any advantage before providing it to our clients.

Pepperstone doesn’t represent that the material provided here is accurate, current or complete, and therefore shouldn’t be relied upon as such. The information, whether from a third party or not, isn’t to be considered as a recommendation; or an offer to buy or sell; or the solicitation of an offer to buy or sell any security, financial product or instrument; or to participate in any particular trading strategy. It does not take into account readers’ financial situation or investment objectives. We advise any readers of this content to seek their own advice. Without the approval of Pepperstone, reproduction or redistribution of this information isn’t permitted.